Welcome!

Business Wire

Subscribe to Business Wire: eMailAlertsEmail Alerts
Get Business Wire via: homepageHomepage mobileMobile rssRSS facebookFacebook twitterTwitter linkedinLinkedIn


News Feed Item

Interxion abre o MRS2, seu segundo data center em Marselha

INTERXION HOLDING NV (NYSE: INXN), uma das principais prestadoras europeias de serviços de data center de colocation neutra em nuvem e para operadoras, anunciou hoje que abriu oficialmente a primeira fase do MRS2, o segundo data center da Interxion em Marselha.

Menos de quatro anos depois de adquirir seu primeiro data center, a Interxion continua expandindo sua presença na cidade do sul da França. Localizado no Porto de Marselha-Fos, o MRS2 vai atender à crescente demanda de provedores internacionais de conectividade e conteúdo e de plataformas de nuvem que desejam usar Marselha como um hub para fornecer seus serviços e aplicativos para a Europa e mais além – África, Oriente Médio e Ásia.

O MRS2 está sendo construído em três fases, oferecendo aos clientes 4.400 m² de espaço equipado com mais de 7MW de energia disponível. A primeira fase, recém-concluída, consiste em 700 m² de espaço equipado, enquanto a segunda vai fornecer 1.900 m² a partir do segundo trimestre de 2019. A despesa total de capital associada à construção do MRS2 deve ser de aproximadamente 76 milhões de euros.

Juntamente com o MRS1, o novo data center permite uma configuração de campus, fornecendo aos clientes diversidade de rotas para garantir a resiliência de suas redes, bem como capacidade de expansão adicional.

O MRS2 também vai promover a reforma de algumas instalações do Porto de Marselha-Fos historicamente ligadas à atividade portuária. O data center está em antigas oficinas navais, edifícios no estilo Freyssinet desocupados desde os anos 1990. A construção do MRS2 é gerenciada pela Cap Ingelec em um consórcio com a Cari, uma subsidiária do Grupo Fayat.

Marselha se converteu na capital do Mediterrâneo para as telecomunicações, nuvem e intercâmbios digitais. Sua posição geográfica como o ponto de aterrissagem de 13 cabos de telecomunicações submarinos é uma vantagem significativa. Tais cabos, incluindo alguns com mais de 20 mil quilômetros de extensão, ligam Marselha a dezenas de países, chegando a Singapura e China. A cidade é, portanto, uma encruzilhada de conectividade entre o sul da Europa, Ásia, África e Oriente Médio, e se tornou um centro estratégico global para o intercâmbio de dados. Esta tendência ainda está em formação com a chegada de novos cabos submarinos, o que aumenta ainda mais a capacidade de rede disponível em Marselha.

“A abertura do MRS2 é um segundo passo importante para a Interxion no desenvolvimento de Marselha como um centro digital”, disse David Ruberg, CEO da Interxion. “Este investimento no coração do Mediterrâneo vai nos ajudar a responder à crescente demanda de nossos clientes que desejam se expandir para Marselha para desenvolver sua atividade na Europa e alcançar mercados emergentes na África, Oriente Médio e Ásia.”

Para Fabrice Coquio, diretor executivo da Interxion France, “o MRS2 é a continuação do que começamos com o MRS1, quando a Interxion adquiriu a instalação em 2014. Estou orgulhoso e honrado em abrir este novo centro de dados, que é particularmente notável devido à sua posição dentro do recinto do Porto de Marselha-Fos, formando, juntamente com o MRS1, o Campus da Interxion em Marselha. O número de provedores de telecomunicações na cidade está crescendo com a chegada das plataformas de mídia digital e nuvem, confirmando que Marselha não é apenas um centro de conectividade, mas também um centro de conteúdo”.

Jean-Claude Gaudin, presidente da metrópole de Aix-Marselha-Provença, prefeito de Marselha, vice-presidente honorário do senado francês, afirmou: “Estamos particularmente orgulhosos por participar da inauguração do data center MRS2 da Interxion, uma adição aos diversos ativos que a metrópole de Aix-Marselha-Provença possui no campo digital. Estes imensos centros de servidores de TI que armazenam e processam dados para empresas suportam a transformação digital de nosso território. Localizado no Porto de Marselha-Fos, este novo local tem um papel a desempenhar no apoio ao desenvolvimento de Marselha como um centro global para as telecomunicações, nuvem e intercâmbios digitais. Isso reflete a disposição da metrópole de Aix-Marselha-Provença de colocar o setor digital no centro de sua estratégia de desenvolvimento e atratividade”.

Mounir Mahjoubi, ministro francês de Assuntos Digitais, ligado ao primeiro ministro, disse: “A abertura deste segundo centro de dados da Interxion em Marselha é um excelente exemplo da atratividade da região de Aix-Marselha para empresas que investem em setores prospetivos. Esta infraestrutura vai contribuir para reforçar Marselha como um centro digital crescente, onde novos usos da internet representam uma verdadeira oportunidade para a França. Nosso país possui muitos ativos que podem ser alavancados pelo setor digital, tem startups e empresas muito boas, e já atrai diversos investimentos estrangeiros. Estou satisfeito com a expansão desta indústria em Marselha e no departamento de Bouches-du-Rhône. Trata-se de um verdadeiro impulsionador do crescimento econômico e da criação de empregos a longo prazo”.

Sobre a Interxion

A Interxion (NYSE: INXN), uma prestadora líder na Europa de serviços de data center de colocation neutra em nuvem e para operadoras, atende a uma série de clientes através de 50 data centers em 11 países europeus. Os centros de dados com eficiência energética e design uniforme da Interxion oferecem aos clientes ampla segurança e tempo de atividade para seus aplicativos de missão crítica.

Com mais de 700 provedores de conectividade, 21 intercâmbios europeus de internet e a maioria das principais plataformas de mídia digital e nuvem, a Interxion criou hubs de conectividade, nuvem, conteúdo e finanças que promovem o crescimento de interesse nas comunidades de clientes. Para mais informações, acesse www.interxion.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

More Stories By Business Wire

Copyright © 2009 Business Wire. All rights reserved. Republication or redistribution of Business Wire content is expressly prohibited without the prior written consent of Business Wire. Business Wire shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.